terça-feira, 7 de maio de 2013

Feira do Rolo da Ceilândia - a feira!



Feira do Rolo - Ceilândia - DF Capital
Almoçar no Rorizão (ou Restaurante Comunitário), observando a Feira do Rolo pela janela é ter uma tela em movimento com a  faceta mais controversa da cultura da Ceilândia em ação. A feira é  cheia de vida, rolo, negócios...

 Ela  começou praticamente junto com a cidade:  os primeiros moradores se reuniam pra trocar o que tinham sobrando pelo que estava faltando. Com o passar do tempo a feira ganhou uma certa má fama.

O fim da famosa Feira do Rolo da Ceilândia foi anunciado por diversas vezes, em quase todos os governos que passaram pelo Distrito Federal.
Logo após uma batida policial, a morte da Feira do Rolo é proclamada. E comemorada.

Muito antes de existir telefone celular ou internet, a comunicação em prol desta feira  já funcionava - e funciona - às mil maravilhas: a polícia corre com a  feira num dia  e ela  reaparece, renasce - ou no mesmo lugar ou noutro ponto da cidade no dia seguinte, já lotada, mesmo sem nenhum anúncio público ou qualquer divulgação oficial informando o novo endereço. Os frequentadores ficam sabendo das "novas instalações" pela propaganda direta, pelo "boca a boca".

 A Feira tem resistido a tudo, principalmente ao preconceito.  Quem não nunca viveu na cidade dificilmente vai entender que a  Feira do Rolo faz parte  da cultura da Ceilândia.

Nenhum comentário :